Itaúna, segunda-feira, 25 de setembro de 2017 às 19:26:48

Trio é preso após assalto à Magazine Luísa e troca de tiros com os policiais

Na tarde desta segunda-feira (25), a Polícia Militar(PM) em Itaúna prendeu três suspeitos de assaltar a Loja da Magazine Luísa, no Centro. Um suspeito ainda é procurado.

Release enviado pela PM:

"Na tarde segunda-feira, 25, a Polícia Militar realizava Operação quando recebeu informações que havia ocorrido um roubo à mão armada no Magazine Luísa, situado à Rua Silva Jardim no Centro.
 De imediato as equipes da Polícia Militar iniciaram rastreamento quando na mesma via, próximo à travessia da linha férrea, militares depararam com um veículo Fiat Palio, de cor verde, tendo seu motorista, ao perceber a presença das viaturas, tentado evadir da abordagem, transitando com o veículo sobre o passeio.
Após ordem de parada, não acatada, um dos passageiros do veículo efetuou vários disparos de arma de fogo contra os militares e para repelir a  agressão, os militares efetuaram disparos de arma de fogo, causando danos no veículo.
Em continuação à ação policial, um dos indivíduos foi alcançado e preso, sendo identificado como M.O.S., de 29 anos, que possuía em seus pertences a quantia de R$2.917,00 reais. Ainda em rastreamento, os militares avistaram outros indivíduos embarcando em uma composição férrea em movimento, tendo um dos autores efetuado mais disparos contra os policiais militares.
Mais à frente, um deles foi detido e identificado como T.J.S., de 28 anos. Um terceiro autor continuou sua fuga, pulando muros de residências do bairro Irmãos Auler, sendo também detido e identificado como R.R.S.R., de 30 anos, que se encontrava de posse de R$2.950,00 reais escondidos dentro de sua cueca.
Ressalta-se que tal indivíduo usava tornozeleira eletrônica. Durante buscas no interior do veículo foram localizados seis celulares, as vestimentas usadas no delito, um revólver calibre .38, com seis munições, sendo quatro intactas e duas deflagradas. Todo o material foi apreendido.
O veículo utilizado no crime foi recolhido em pátio credenciado. Na sequência, todo o material apreendido e os autores foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil, onde foi ratificado o flagrante. Ressalta-se que já na Delegacia foi verificado que, T.J.S., de 28 anos, na verdade seria I.R.C., de 28 anos, que apresentara um documento de identidade falsificado e possuía extensa ficha criminal.  Dois dos autores foram reconhecidos por outro roubo, realizado em data aanteiror num estabelecimento da mesma rede, na cidade de Igarapé".

Veja mais